Templates da Lua

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

domingo, 22 de março de 2009

VOAR AO INFINITO


Bati minhas asas com tanta velocidade
que voei tão rápido alcançando o infinito.
Fiquei feliz por ir tão além, porém
não percebi o caminho que percorri.
Caminho belo com tanto a ensinar
que nada aprendi por não poder olhar.
Sem olhar não vi, se não vi, não senti,
se não senti, não cresci para melhor usufruir.
Do que me serviu voar tão rápido?
Sem sentir a beleza do caminho que percorri?
Uma coisa aconteceu para triste não ficar
pelo menos consegui para frente voar.
Voar e chegar em lugares diferentes,
para sempre aprender com tudo o que fiz.


"Na vida sempre temos que aprender
mesmo que a situação nos parece errada."

ANNE SCANDELL

4 comentários:

Delfim Peixoto disse...

Mas eu voei também... Linda lição essa ...
Bjnhs doces

Gabi disse...

Olhei,senti e parei para aqui ficar e sempre que puder virei lhe visitar.....
Obrigada pelo comentárioe sempre será bem vinda no meu espaço,e seu encanto de fada é muito visível,e presente em suas escritas...
Beijos

O Profeta disse...

Do Poeta!
Este ser de contentamento descontente
Que faz da contradição uma rua
Feita da palavra resistente

Que abre os braços aventura
À viagem da emoção plena
Que chora em cais de espera
Que sorri ao afago de brisa terna


Boa semana


Mágico beijo

Maitreya disse...

Gosto dessa perspectiva "não vi, não senti, mas também não me deixo afectar", A vida não para, é uma linha contínua...Bons feitiços..